19.10.06

Loureiro














Originário do Mediterrâneo, adaptou-se bem em regiões de clima temperado: o loureiro era a árvore consagrada ao deus Apolo, deus grego da profecia, poesia e cura. As sacerdotisas transmitiam suas profecias após, entre outros rituais, comer uma folha de louro.
Na antiguidade greco-romana era símbolo de glória, com as coroas feitas da erva.
Na Idade Média era usado para afastar demónios, bruxas e raios. Uma superstição diz que quando morre um loureiro, ocorre um grande desastre.

Uso caseiro: Pendurar ramos pela casa para refrescar e perfumar o ar. As folhas nas gavetas e armários ajudam a afastar traças.
Uso culinário: Utilizar em pequenas quantidades em molhos, sopas, feijão, marinadas de carnes, caldos de peixe, recheios, caça. Retirar a folha antes de servir, pois pode dar sabor amargo à comida. Cozer em leite para aromatizar cremes de leite e ovos e pudins de arroz.
Efeitos colaterais: Consumido em grandes doses, tem efeito narcótico.

6 Comments:

Blogger chuvamiuda said...

....hoje por aqui é dia de cultura e tradições e outras devoções.........

:)))

Beijinhos

October 19, 2006  
Blogger Testa Alta said...

É Amigo!
Há dias assim: mais "ligeiros"; que isto de pensar cansa...
Beijinho.
:))

October 19, 2006  
Blogger rps said...

Uuiii.. No arrozinho...

October 21, 2006  
Blogger xico.lf said...

Infelizmente (será?) tive uma educação "esmerada" ... sei fazer ovos estrelados (até ponho uma tampa em cima da frigideira ... não sei para quê mas disseram-me que era melhor!?), as omoletes "calham" sp mal ... parecem mais ovos mexidos q só gosto "molhados" e me "saem" sp secos!
Agora é tarde ... burro velho não aprende línguas (!?) e o signatário de idade "real" é quase sexoagenário!!!! Sorry ... lapsus linguae mas a tal idade não permite a canseira de ir corrigir e bem vistas as "coisas" nem fica mal!?
Beijos, xico

October 22, 2006  
Blogger Testa Alta said...

rps,

No arrozinho...."gente do Norte", sem arrozinho não passa...
Até eu, moura confessa, adoro o arrozinho: de lampreia, de cabidela, de serrabulho, morcelas de arroz...
Já me calo, porque já salivo como os cães de PAVLOV!

October 23, 2006  
Blogger Testa Alta said...

Xico,

bem me parece que houve ali um lapsus manu - há uma letra a mais numa palavra...
E ser sexagenário impede alguém de aprender, hen?!
Um dia ainda explico para que serve tapar a frigideira...
;) :)

October 23, 2006  

Post a Comment

<< Home